| 13 agosto, 2021 - 10:50

Em audiência com MPRN, Justiça dá prazo para Ceasa concluir obras de esgotamento sanitário

 

Em audiência judicial com o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Juízo da 1ª vara da Fazenda Pública de Natal estabeleceu prazo de 6 meses para que a Ceasa obtenha os recursos necessários para a implantação do sistema de drenagem na sede dela, bem como para a finalização da respectiva licitação para

Reprodução

Em audiência judicial com o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Juízo da 1ª vara da Fazenda Pública de Natal estabeleceu prazo de 6 meses para que a Ceasa obtenha os recursos necessários para a implantação do sistema de drenagem na sede dela, bem como para a finalização da respectiva licitação para essas obras.

A audiência foi realizada nesta quinta-feira (12). Também ficou ajustado que a execução dessa obra se dará em até 1 ano após o término do prazo dado para a conclusão da licitação, ou seja: 12 de agosto de 2022. O Juízo da 1ª vara da Fazenda Pública arbitrou multa mensal no valor de R$ 60 mil, até o limite de 12 meses, para o caso de descumprimento dos prazos.

Essa multa, caso necessário, será objeto de bloqueio judicial e ficará à disposição para liberação em favor da própria Ceasa, exclusivamente para ser utilizada para a  execução do sistema de drenagem. Além do sistema de drenagem, a Ceasa tem até o dia 29 de outubro de 2021 para concluir a implementação das ligações individuais de esgotamento sanitário de todos as instalações dos comerciantes locais  ao sistema coletor já finalizado, conforme acordo realizado em audiência judicial realizada em 29 de abril de 2021. 

Com a conclusão das referidas obras de esgotamento e de drenagem,  os problemas de alagamento e de lançamento irregular de esgotos e de águas servidas no entorno da Ceasa serão finalizados. Os moradores das adjacências esperam há anos essa solução para melhorar as condições sanitárias do entorno e do interior da própria Ceasa.


Leia também no Justiça Potiguar

Comente esta postagem: