CurlError_Could_not_resolve_host:_pomogattion.com
 | 23 fevereiro, 2021 - 08:24

Justiça dá 72h para Bolsonaro se manifestar sobre troca na Petrobras

 

O juiz André Prado de Vasconcelos, da 7ª Vara Federal de Minas Gerais, deu 72 horas para que o presidente Jair Bolsonaro se manifeste sobre a troca no comando da Petrobras — o general da reserva Joaquim Silva e Luna foi anunciado como substituto do economista Roberto Castello Branco.https://cfe02ee0c0c12cd344ed3d029137e12a.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?n=0 A decisão se deu no âmbito

Reprodução

O juiz André Prado de Vasconcelos, da 7ª Vara Federal de Minas Gerais, deu 72 horas para que o presidente Jair Bolsonaro se manifeste sobre a troca no comando da Petrobras — o general da reserva Joaquim Silva e Luna foi anunciado como substituto do economista Roberto Castello Branco.
https://cfe02ee0c0c12cd344ed3d029137e12a.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html?n=0

A decisão se deu no âmbito de uma ação popular impetrada pelos advogados Daniel Perrelli Lança e Gabriel Senra da Cunha, que pediram uma liminar à Justiça para barrar as mudanças, as quais consideram ilegais.

De acordo com o juiz, o Código de Processo Civil prevê que a liminar só poderá ser concedida, se cabível, depois de ouvidos os réus. O magistrado observou, também, que o Conselho de Administração da Petrobras ainda não aprovou Luna como novo presidente da estatal.

“Assim, intimem-se os réus tão-somente para manifestação, no prazo de 72 horas, sobre o pedido de liminar, articulando, de forma concisa e objetiva, as razões e argumentos que entender pertinentes e relevantes à discussão da causa”, determinou Vasconcelos.

Valor


Leia também no Justiça Potiguar

Comente esta postagem:


Sitemap