cheapest generic zolpidem 10mg mastercard clonazepam 2mg online pharmacy europe want to buy soma in singapore ativan 1mg prescription free order meridia overnight What is clonazepam 0.5 alprazolam 1.5mg prescription cost without insurance
 | 19 maio, 2020 - 10:46

Justiça suspende a realização da Pré-Conferência do Plano Diretor de Natal

 

O  pedido feito na Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual em face do Município do Natal, foi deferido parcialmente, nesta terça-feira (19), pela 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, que determinou a suspensão da realização da Pré-Conferência do processo de revisão do Plano Diretor do Município do Natal, prevista para

O  pedido feito na Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual em face do Município do Natal, foi deferido parcialmente, nesta terça-feira (19), pela 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, que determinou a suspensão da realização da Pré-Conferência do processo de revisão do Plano Diretor do Município do Natal, prevista para ocorrer em 22, 23 e 24 de maio de 2020.

Ilustrativa

Além disso, a unidade judiciária determinou que o Município disponibilizasse no site do processo de revisão do plano diretor (https://natal.rn.gov.br/semurb/planodiretor/) a minuta final do projeto e a divulgação, de forma acessível e pedagógica (inclusive para as pessoas com deficiência em formato adequado), das propostas de alteração do Plano Diretor em vigor que foram deliberadas e serão votadas pelos Delegados da Pré-Conferência.

A decisão destaca que não há obstáculo legal para que a Pré-Conferência seja realizada no formato virtual. Mas para que tal ato ocorra é necessário que as alterações do Regimento Interno do processo de revisão do Plano Diretor sejam feitas por Audiência Pública prévia, o que não ocorreu na hipótese dos autos.

A determinação judicial mencionou que o prefeito do Município do Natal não poderia, unilateralmente, alterar o regimento interno, sem prévia discussão em Audiência Pública, já que, diante da ausência de disposições acerca da forma de alteração desse ato normativo, deve ser aplicado o princípio conhecido como “paralelismo das formas”, segundo o qual as formas e formalidades adotadas para elaboração de um ato são as mesmas que devem ser utilizadas para sua modificação ou, mesmo, exclusão do mundo jurídico.

Considerou-se, na decisão, a possível violação aos princípios da publicidade, da participação e da informação, tendo em vista que, segundo o próprio regimento interno do processo de revisão, a minuta que será discutida na Pré-Conferência deveria ter sido publicada com antecedência de no mínimo 15 dias, o que também não ocorreu.

(Ação Civil Pública nº 0816703-75.2020.8.20.5001)


Leia também no Justiça Potiguar

Comente esta postagem:


Sitemap