| 11 setembro, 2019 - 15:01

Suplente pede na Justiça mandato de Ney Lopes Jr na CMN por desfiliação sem autorização

 

questionamento judicial do mandato ocorre por suposta falta de autorização para desfiliação do vereador eleito do seu antigo partido, o PSD-RN

Foto: Elpidio Júnior

O vereador de Natal Ney Lopes Júnior está tendo seu mandato questionado em ação que tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) movida pelo então candidato Lilico Bezerra. O questionamento judicial do mandato ocorre por suposta falta de autorização para desfiliação do vereador eleito do seu antigo partido, o PSD-RN.

O partido é presidido no estado pelo ex-governador Robinson Faria. No último dia 29 de julho, Ney enviou carta à Robinson com o pedido de desfiliação alegando falta de prestígio no PSD, porém não recebeu autorização.

Com isso, Lilico Bezerra questiona que o mandato pertence ao partido, de acordo com a votação proporcional para composição da Câmara Municipal e não ao vereador Ney Lopes. O processo está sob a relatoria do desembargador Cornélio Alves.


Leia também no Justiça Potiguar

3 Comentários
  1. Suplente pede na Justiça mandato de Ney Lopes Jr na CMN por desfiliação sem autorização | Blog do BG

    11/09/2019 às 15:17

    […] O vereador de Natal Ney Lopes Júnior está tendo seu mandato questionado em ação que tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) movida pelo então candidato Lilico Bezerra. O questionamento judicial do mandato ocorre por suposta falta de autorização para desfiliação do vereador eleito do seu antigo partido, o PSD-RN. Confira matéria no Justiça Potiguar aqui. […]

    Responder
  2. Domingos Fernandes

    11/09/2019 às 15:26

    O Brasil precisa de uma reforma política urgente pois não é justo votar em um cidadão e eleger um patrido

    Responder
  3. Azevedo Morais

    11/09/2019 às 15:29

    Bem vindo ao PSC, Vereador Ney Lopes Jr.

    Responder

Comente esta postagem:

Justiça Potiguar