where to buy tramadol 200mg online buy tramodol cheap klonopin 1mg in china xanax 1.5mg safe
 | 1 agosto, 2019 - 00:12

Disputa da lista tríplice do TRT-21 tem favoritos, mas nada está resolvido

 

Depois desta etapa, o presidente Jair Bolsonaro escolherá quem será o novo desembargador do trabalho no Rio Grande do Norte

No dia 15 deste mês, os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-21) irão definir três nomes dos seis advogados escolhidos para a lista sêxtupla na eleição realizada dia 12 de julho.

As campanhas dos advogados que compõem a lista sêxtupla para ficar entre os três escolhidos têm sido discretas e marcadas por visitas dos candidatos aos desembargadores – tudo de forma protocolar.

Entre magistrados e advogados contactados pelo portal Justiça Potiguar, o comentário que circula é que o nome de Eduardo Rocha está praticamente certo na lista.  Ele que tem tido – no desembargador Eridson Medeiros – um cabo eleitoral forte, que tem aberto espaços e claramente feito corpo a corpo para o presidente do América.

Eduardo Rocha também conta com a credibilidade e desfruta das portas abertas pelo seu pai, ex-presidente do TRT, José Rocha, como pontos fortes na disputa. Mas o advogado, mesmo com esses apoios, conta com uma rejeição de alguns pares e já foi preterido na disputa passada.

Quem também tem aparecido bem posicionada é a advogada Marisa Almeida, que além de ter a amizade de alguns desembargadores, tem no presidente atual da instituição, desembargador Bento Herculano, seu grande alicerce.

Todos os outros quatro candidatos, Lúcia Jales, Marcelo Barros, Augusto Maranhão e Eduardo Gurgel, estão em pé de igualdade nesse momento para ocuparem umas das três vagas.

A eleição é só dia 15 e, até lá, tudo pode acontecer, por tratar-se de uma lista tríplice e, no judiciário, quem está fora hoje ficar dentro e quem estar dentro ficar fora.

Texto: Justiça Potiguar

Foto: Assessoria da OAB-RN


Leia também no Justiça Potiguar

Comente esta postagem:


Sitemap